Spyker vende produção de carros esportivos

A proprietária holandesa da Saab, a Spyker Cars, vende sua produção de carros esportivos para impulsionar o desenvolvimento da enfraquecida marca sueca. O comprador foi o russo Vladimir Antonov, dono da firma britânica de investimentos CPP Global Holdings Ltd.

Isso foi anunciado pela empresa na quinta-feira. A empresa comparativamente pequena Spyker comprou Saab há um ano da empresa norte-americana General Motors, que estava em dificuldades devido à crise financeira. Antonov estava inicialmente envolvido na aquisição da Saab. Ele foi, no entanto, excluído a pedido dos Estados Unidos. O serviço de inteligência dos EUA, a CIA, interveio contra sua participação porque Antonov estava supostamente ligado às viagens da máfia.

Para a divisão de carros esportivos da Spyker Cars, o investidor russo pagará 15 milhões de euros, disse o chefe da Spyker, Victor Muller. Além disso, os holandeses são a 2016 participar de lucros até o montante máximo de 17 milhões. Para este fim, um acordo preliminar foi assinado, os detalhes ainda estavam por negociar.

A transação permitiria que a Spyker Cars, que em breve mudaria seu nome, "focasse exclusivamente no negócio Saab". Ao mesmo tempo, os pagamentos de dívidas e juros poderiam ser reduzidos. "Sem Spyker, não teríamos conseguido assumir a Saab, mas as atividades da Spyker rapidamente se tornaram um pequeno peixe em uma grande lagoa", disse Muller.

Entretanto, os requisitos de capital cresceram consideravelmente. "Portanto, é uma boa decisão separar as atividades da Spyker e da Saab". Muller declarou recentemente que estava confiante de que a 2011 conseguiria o objetivo anual auto-imposto de 80 000 - vender carros Saab. Para os novos modelos, os motores devem ser fornecidos pela BMW.

Fonte: Süddeutsche Zeitung