Saab News China: BAIC Saab 9-5 entra em produção no final do ano

Permitir: BAIC C60, anteriormente Saab 9-3
Permitir: BAIC C60, anteriormente Saab 9-3

Na Suécia, todos os sinais estão em tempestade, na China, continuará. O antigo Saab 9-5, pelo menos, viverá na China. BAIC investiu 4 bilhões RMB em uma nova "produção de ponta" e trouxe os novos modelos C70 e C80 para a maturidade da produção.

O novo BAIC C70 e o C80 são voltados para o segmento premium e também são oferecidos com o e-drive puro. Ambos são baseados na boa e velha plataforma Saab 9-5. No final da 2009, a BAIC adquiriu essas plataformas com caixas de câmbio e motores para 192 milhões de dólares da Saab.

O dinheiro foi um dote para Victor Muller, que encontrou uma conta bem abastecida em sua aquisição e uma chance para a Saab. Como sabemos agora, essas oportunidades não foram adequadamente exploradas e, em vez disso, acumulou-se outra pilha de dívidas.

Em novembro é o lançamento da produção do ex-Saab 9-5 na China, com os conhecidos motores turbo Saab, com a Saab Trionic na versão 2.0 litro e 2.3 litro. Desenvolvido e melhorado pelos engenheiros da BAIC. Recém vestido com ajuda italiana. Provavelmente, o primeiro produto BAIC que atenderá às exigências européias em Hinsischt no chassi e na segurança.

O BAIC C60 e o C50, baseados na plataforma Saab 9-3, seguirão um pouco no final do ano.

BAIC queria assumir Saab completamente em março deste ano, mas não conseguiu Muller e Antonov. Outra oportunidade perdida.

Texto: tom@saabblog.net