CEO da Saab, Victor Muller: Nós não estamos mortos!

Victor Muller deu atualmente uma conferência de imprensa em Trollhättan. As principais declarações do CEO da Saab foram resumidas para os leitores. Como ele disse, ele está surpreso com a decisão do tribunal. A Saab diz que mantém bons contatos com os sindicatos, fornecedores e revendedores, mantém os parceiros constantemente atualizados.

Segundo Muller, ele já conversou com representantes sindicais, mas não sabe que passos eles vão tomar agora. Ele também disse que havia muito mais informações detalhadas que a Saab poderia fornecer ao tribunal de que ele inundaria o tribunal com informações.

E Muller disse que havia um plano "D". Sabemos pelo passado que Muller gosta de classificar seus planos em A, B, C, D e assim por diante. E sabemos o seguinte. Se ele diz que existe um plano, então até agora sempre houve um plano. Então vamos ver.

Muller com certeza continuará lutando e diz que Saab não está morto. Ele vê o dinheiro disponibilizado para Saab no "horizonte". Ele provavelmente quer dizer ao seu alcance. Mas Muller sempre foi um acrobata de palavras.

Tudo isso, ele diz, não é um sonho, é mais um pesadelo para ele agora.

Não apenas para ele. "Mardröm" - pesadelo. A palavra do dia.

Texto: tom@saabblog.net

pensamentos 2 sobre "CEO da Saab, Victor Muller: Nós não estamos mortos!"

  • Saab não deve morrer!
    Se necessário, faça uma corporação e venda para todos os Saabistas!

    Se finalmente um carro pequeno como o Saab 96 com as exigências de hoje fosse construído, então eu veria um enorme potencial (claro que só com a qualidade de Saab)!
    Saab tem que voltar às suas raízes! Deixe essa coisa do GM de lado de lado.

  • Victor deveria ter enviado todas as informações para o tribunal imediatamente - então esse Mardröm poderia ter sido poupado.

    Por favor, envie todos os detalhes rapidamente e coloque muita pressão sobre os investidores dispostos a pagar (Pang Da, Youngman e quem for desconhecido, possivelmente em segundo plano) - a criança ainda não caiu no poço!

    DR

Os comentários estão fechados.