Projeto Saab 9000 Anna (Parte 3)

É inverno profundo. Kiel fica sob uma grossa manta de neve quando Anna chega lá. Demorou dois dias para transportar o aniversário 9000 CSE para o norte. A equipe em torno de Markus Lafrentz começa a trabalhar e cria uma lista de coisas necessárias. Isso também será um teste para o Orio. O que mais os suecos podem entregar para o Saab 9000?

Anna & Winter. Bem-vindo a Kiel
Anna & Winter. Bem-vindo a Kiel

Confirma nossa lista de desvantagens, e algumas pequenas coisas são adicionadas. Então surge a pergunta que eu realmente quero. Existem opções - isso pede Kiel de ... o que eu gosto. Fazendo o Saab funcionar bem, se divertindo com ele por algum tempo, ou enfrentando-o solidamente e a longo prazo. Ou, a terceira alternativa, faça um veículo para uma coleção dele. Opção 3 é omitido, decido pela variante do motivo. Anna deve se tornar um jovem clássico para a vida cotidiana, não um veículo que vem na estrada apenas quando está bom tempo.

O objetivo é um estado, entre 2 e 3. Bom, mas os sinais de uso podem e devem ser, o 9000 já tem anos de 17 e não há carros novos. O ponto que vai decidir tudo é a condição do quadro da janela.

Oxidação no quadro da janela

Ferrugem na moldura da janela não é um evento natural. Marca cruzada, é principalmente o resultado de um trabalho negligente. Seja Mercedes, Porsche, Volvo ou apenas Saab. No nosso caso, a falha está em uma cadeia conhecida. Infelizmente, é geralmente o caso que o seu underachievement só se torna perceptível quando o carro mudou há muito tempo as mãos. Isso afeta os proprietários de jovens temporizadores e futuros clássicos. Uma vítima: o projeto Anna. Como brutalmente se trabalhou no caso dos nossos Saabs, mostra o fato de que um motor grosso cortou o headliner quando a troca de disco. Você só pode ver que quando o disco antigo está fora; está neste caso como um exemplo negativo para este provedor.

A esperança de que tudo possa ser meio selvagem desmorona rapidamente. O quadro é mais do que apenas quebradiço. Na verdade, é um pequeno milagre que o disco seja de verdade. Se o 9000 estivesse na chuva desprotegido, a água teria entrado. A ferrugem poderia significar o exitus, apresentando dramaticamente o estado.

A crise. Projeto à beira ...

Você não pode mais soldar nada. O quadro - ou melhor, seus fragmentos - deve sair. Havia (espero Orio lê) uma vez um kit de reparo para esses casos. Isso há muito tempo se tornou indisponível, uma nova edição seria desejável e salvaria muitos Saab 900 e 9000 de saídas prematuras. Uma reprodução não deve ser mágica e significativa. Mas no caso de Anna, um bom conselho é caro. O que fazer?

A crise está aqui. Raspe o Saab por causa da ferrugem no quadro da janela, porque a soldagem não pode ser feita mais? Ter uma peça sobressalente feita individualmente, o que tornará a campanha ainda mais cara? Demolition? Markus Lafrentz chama, eu tenho que decidir. Anna como transportadora de peças sobressalentes, itens na Ebay? Tudo por causa da maldita ferrugem na moldura da janela? Um horror! O projeto está chegando ao fim por alguns minutos ...

Neste caso, a coincidência é conosco - existe um 9000er pronto para abate, que possui uma estrutura de disco inoxidável. O obstáculo é tomado. A loja de corpo em soldas de Kiel; um novo disco do fabricante original, por motivos desconhecidos no programa Orio, será instalado mais tarde. A crise está fora da mesa!

Orio e peças sobressalentes para o Saab 9000

Vamos falar sobre Orio e a situação das peças de reposição para o Saab 9000. A boa notícia: todas as peças de desgaste necessárias estão disponíveis, são baratas e de boa qualidade. Peças para suspensão e o corpo, como portas, pára-lamas, tampas, também não são problema. É possível manter o 9000 em uso diário, para remediar danos acidentais. Bom caminho!

Onde começa a falhar, existem outras partes. Em vez de bons produtos da Hella no Orio, apenas faróis somente do terceiro, em luzes traseiras em breve. Os painéis traseiros, também de Hella e quase sempre rasgados ao longo dos anos, foram jogados de forma barata como o CD player no mercado sueco. Você não notou em Nyköping que as peças são usadas na condição usada no Ebay para um múltiplo?

No entanto, a Suécia deu o ouro. Uma reprodução dos painéis traseiros ... dos quais o ventilador atualmente pode sonhar. Isso não é realista. Agora, as peças não são mais entregues, não importa quanto dinheiro você gostaria de pagar. (Eu gostaria de agradecer aos meus amigos na Suécia, que me deram duas telas traseiras e um CD player.)

Outros inventários são perigosamente baixos e não são bons destinos. Tudo no fundo que os fãs de Saab em todo o mundo descobriram o 9000 e as restaurações começam. Um olhar sobre os grupos do Facebook sobre o assunto fala um idioma claro. Na Alemanha ainda são alguns 1.000 desses veículos em uso, o valor do amante aumenta. Não devem surgir novos Saabs a qualquer momento, cujo suprimento assume Nyköping, então os clássicos serão um pilar extremamente importante da empresa. Esperemos que o alinhamento seja apropriado no futuro.

De volta a Anna. Agora vai para o pintor. Ele deve pintar a moldura da janela, encher o amassado na porta e também repintar. Ele vê, e essa é a vantagem do trabalho de inverno, necessidade de ação no spoiler, na parte traseira, na porta do motorista. Ele oferece o trabalho extra por pouco dinheiro, eu concordo e Anna está a caminho de se tornar uma linda Saab.

Ok, o 3. A parte foi cara e deixou um grande buraco no orçamento do blog. Já está claro que Anna está a caminho, mas custará mais dinheiro do que o esperado. As deficiências resultantes da oficina gratuita 100.000 km sem experiência Saab são eliminadas. O enorme atraso de manutenção foi passado, todos os fluidos mudaram.

Para as peças, sempre preferimos peças originais da Orio, contando também com a garantia prometida do ano 3. As entregas vieram de forma rápida e confiável. Somente onde não foi possível de outra forma, recorremos ao terceiro. Na próxima parte, faço um balanço provisório e encontro Anna em Kiel. E é sobre coisas que acontecem. Tudo ficará bem? Não, Anna leva tudo com ela. Realmente surpresas ruins, por exemplo.

17 pensamentos também "Projeto Saab 9000 Anna (Parte 3)"

  • 23. Setembro 2015 em 11: 33 AM
    permalink

    ANA ich mag dieses Projekt sehr denn dieses Projekt haben wir „auch“.
    Apenas um teria que cuidar disso porque a praga marrom rola no nosso ...

    E o mau trabalho no quadro do disco tornou a nossa empresa no disco bem ao trocar.

    Assim como a tampa da bota, eu adoro oficinas.

    Continue com Ana

  • 23. Setembro 2015 em 11: 41 AM
    permalink

    Horrível, o quadro da janela ... Ótimo que o blog impregne o projeto. Anna se torna um culto

  • 23. Setembro 2015 em 12: 25 PM
    permalink

    Sim, a situação da peça de substituição para temporizadores antigos e novos 900er e 9000er tornou-se assustadora. Especialmente por causa (ou mesmo?) Casas de leilões como a Ebay. Exemplo de mim para o meu 900er MY91 / 92 para a grelha em cromo: No Ebay, o ano passado foi oferecido em maio por quase 400.- Euro. Eu comprei a partir de participantes de um fórum Saab, entre outros, uma grade preta, eu por cerca de 30.- O euro e logo abaixo dos dias 2 principalmente trabalho manual, quase tão novo e deixo minha Spezi em termos de Saab 900 a próxima visita bloqueada. Ou tema Hella SW ou flashbacks. Também posso cantar uma música. Isso fica particularmente ruim se as peças relevantes para o TÜV já não são produzidas. Desculpe, mas há eu elogio de outras marcas que haviam fornecido há anos, por isso, mesmo os modelos 40 anos da marca, ainda recebem peças a preços razoáveis. Muitas vezes, eles compram esses modelos dos antigos proprietários antes que eles terminem no junkyard e removam as peças que ainda funcionam e podem ser reconstruídas .... No caso do Saab, isso seria urgente e melhor do que o esperado de qualquer proprietário de tal veículo Ou espero por um doador ou (infelizmente) destruição do todo, só porque uma parte (possivelmente relevante para TÜV) já não está disponível ....

    • 23. Setembro 2015 em 1: 14 PM
      permalink

      Andere Marken haben Konzerne im Hintergrund, die Möglichkeiten sind nicht mit Orio vergleichbar. Wir dürfen nicht vergessen durch welches Tal der Tränen die Marke gegangen ist, und unter welchen Umständen Orio „geboren“ wurde.
      No que diz respeito aos clássicos e aos jovens, há os clubes suecos além de Orio, que produzem cada vez mais reproduções sob sua própria direção. Infelizmente atualmente apenas para membros, a Swedish Saab tem as novas e usadas peças da 10.000. Talvez este seja o futuro dos clássicos, talvez clubes alemães também estejam em demanda?

      • 24. Setembro 2015 em 12: 40 AM
        permalink

        Die meisten haben zwar einen Konzern dahinter. Aber wovon die Oldtimer und Youngtimerbesitzer von Saabs eher „träumen“, wäre eine Firma wie sie es z.B. bei Porsche gibt. Dort werden Porsche aufwändig restauriert, man kann Teile bestellen, die so im freien Handel nicht mehr bezogen werden können. Die werden dort notfalls nachgefertigt z.B. Blechteile. Wenn dann das existiert, sind ehemalige Zulieferer wie Bosch, Hella usw. bereit, Kleinserien in Stückzahlen aufzulegen. Das sowas viel Geld kostet, ist klar. Aber wenn so, solche Autos vor der Schrottpresse gerettet werden können, sind oder wären die Besitzer bereit, mal eben mehr Geld auszugeben, wenn danach (bis auf die Verschleissteile die eh zu bekommen sind) mal ein paar Jahre Ruhe ist. Dazu gab es mal eine Reportage in einem Automagazin im TV.

        • 24. Setembro 2015 em 9: 38 AM
          permalink

          Eventuell ist Orio gar nicht so weit von diesen Ideen entfernt. Es gab in Schweden das „Um Saab para Ida“ Projekt. Die Idee dahinter war, dass Kunden einen alten Saab zu Orio geben und einen quasi „Neuwagen“ zurück bekommen. Das Wort „Restauration“ nach Saab Spezifikation machte die Runde. Ob das Projekt weiter verfolgt wird oder nicht ist leider nicht bekannt.

  • 23. Setembro 2015 em 1: 02 PM
    permalink

    Sehr gut, und gut, dass die diversen Schwächen von Orio schonungslos benannt werden. Scheiben, die es noch vom Hersteller gibt, aber die von Orio nicht mehr geführt werden… Das spricht doch Bände. Die Frage ist, ob die „Saab-Fans“ bereit sind, die einzukalkulierenden erhöhten Lager- und Logistikkosten auch zu tragen, oder ob dieses lieber auf günstige abgenutzte Gebrauchtware bzw. China-Qualtität setzten (müssen). Ob die Fan-Gemeinde, die wirklich bereit ist, Geld in die Hand zu nehmen, groß genug ist, um Orio zu mehr Engagement oder dem kompletten Umdenken zu bewegen, wage ich zumindest zu bezweifeln. Natürlich wäre es schön, wenn die Ersatzteilsituation besser wäre. Aber Saab ist als aktive Marke Vergangenheit. Drum bemüht man sich ja auch um neue Geschäftsfelder. Doch muss auch Orio klar sein, dass man es dort zum Teil mit in er Hand hat, sich das alte Geschäftsfeld zu bewahren. Also muss der Input von beiden Seiten kommen. Saab-Fahrer müssen aktzeptieren, dass Orio-Saab-Teile teurer sind, als vergleichbare für andere noch existente Marken. Und Orio muss endlich mehr Risiko eingehen und wichtige Teile wieder verfügbar machen. Es muss ja nicht gleich ein Rundumschlag werden, aber ein klares Signal wäre geboten, um wankelmütige Besitzer (wie micht) auch von einem Verkauf abzubringen. Ein zweites Problem sind aber die Werkstätten. Es werden immer weniger, und die wenigen sind überlaufen. Zudem können diese nicht mehr vernünftig kalkulieren vor Hintergrund der Teile-Misere und auch vor Hintergrund der schwankenden Qualität. Zudem haben die meisten Saab-Kunden wenig Geld in der Tasche. Viele gehen erst in die Werkstatt, wenn die Online-Foren nicht mehr helfen und der Wagen streikt. Das ist dann auch der Zeitpunkt, wo die Autos zum Verkauf kommen. Dann steht Ausweidung auf dem Programm. Dieser Trend ist aktuell vorherrschend. Es wird gehortet, was das Zeug hält. Denn es wächst nichts mehr nach. So sind viele Teile zwar vorhanden, aber eben weggesperrt. Es ist eine Misere, die auch gute Dienstleister wie Lafrenz auf Dauer nicht lösen können. Also ist der Weg zum Exoten vorgezeichnet. Leider mit wenig Aussicht auf langfristig befriedigenden Betrieb. Denn eins muss klar sein: Viele Saab-Fans – sicher nicht all – werden ihren „Enthusiasmus“ spätestens dann an den Nagel hängen, sobald der Unterhalt zu aufwändig oder teuer wird, oder aber ihr Fahrzeug trotz Reparaturen nicht mehr die Eigenschaften aufweist, die es einmal hatte.

    Eu ainda desejo a Anna e seu dono de todos os melhores e muita diversão. Estou ansioso para a próxima parte da história.

  • 23. Setembro 2015 em 1: 09 PM
    permalink

    Olá,

    Descobri as páginas SAAB apenas recentemente. Agora estou dirigindo o 4. Saab (9-3 conversível) e tem na amiga mais um driver SAAB em Aschaffenburg. Estou feliz com todas as publicações e espero encontrar muitas informações úteis!

    • 23. Setembro 2015 em 2: 52 PM
      permalink

      Willkommen auf dem Blog und Grüße in den Strietwald… Der Blog ist zum größten Teil „Made by Aschaffenburg“ 😉

      • 24. Setembro 2015 em 11: 07 AM
        permalink

        Ich habe den Eindruck, Du bist aus Aschaffenburg. Gibt es eine „MeetingPoint“ für SAAB-Fahrer in Aschaffenburg?

        • 24. Setembro 2015 em 11: 34 AM
          permalink

          A impressão é verdadeira. Infelizmente, não existe um ponto de encontro Aschaffenburg, que você pode mudar ... se você gosta

          O Saab Club Rhein Main ocasionalmente organiza reuniões perto da AB.

  • 23. Setembro 2015 em 2: 08 PM
    permalink

    ... no meu aero9k, o quadro do pára-brisas floresceu por um curto período de tempo. Espero que não seja tão ruim assim. A restauração pode começar o mais cedo no próximo ano. O Scheinbenwechsel já faz muito tempo e era na época uma oficina de Saab ..., pelo menos, ele está seco desde os últimos anos 7 e arejado quando ele não está apenas movido pela chuva.

    • 23. Setembro 2015 em 2: 51 PM
      permalink

      Anna foi o caso mais extremo na minha história 9000 da moldura do pára-brisas. Portanto, não precisa ser tão ruim assim. Mantenho meus dedos cruzados, mantenho-te atualizado!

  • 23. Setembro 2015 em 6: 17 PM
    permalink

    Tanto para o lendário aço da Suécia

    Aliás, a minha experiência em peças sobressalentes não é diferente.

    Als bei meinem 9-5 der Fensterheber in die Brüche ging, hatte ich interessenhalber gleich mit nach Seitenscheiben gesucht – Fehlanzeige. Später bei dem Unfallschaden gab es Probleme mit dem Scheinwerfer-Stellmotor und dem Scheibenwischer-Motor für die Scheinwerferreinigung. Da mussten dann wirklich mal Teile aus „Tertiärquellen“ herhalten. Funktioniert aber alles immernoch, und war problemlos einzubauen. Der Leitungssatz für die Servolenkung war der vorletzte verfügbare. Und auch beim letzten Service wurden einige OEM- und Drittanbieterteile verwendet.

    Em tudo irritante, se um reparo por falta de peças de reposição não puder ser realizado e qualquer sistema não está disponível, mesmo que seja apenas um objeto subordinado irritante.

    • 23. Setembro 2015 em 10: 38 PM
      permalink

      Orio estará sob pressão para entregar bons números e tentar bem, às vezes parece vender os estoques rapidamente. Para as reproduções que você precisa, então, novamente, uma quantidade mínima .... Neste verão, em uma ação de embelezamento, espero por uma parte bastante nova e desaparecida, mesmo na Suécia não disponível. Eventualmente veio, mas Orio inicialmente se referiu apenas de forma fórmica ao serviço Saab local. Isso não necessariamente aumenta a confiança e leva você a pensar se deseja armazenar partes você mesmo (os errados após Murphy) ou se você não precisa de outro carro depois de tudo ...
      Voltar ao artigo: mesmo se o bom final é conhecido, cada episódio é emocionante de ler e a questão de como ele aconteceu.

      • 24. Setembro 2015 em 9: 15 AM
        permalink

        „ob man nicht doch noch ein anderes Auto braucht …“

        Du sagst es – leider. Ist irgendwie auch mein Alptraum, dass irgendwann ein lebenswichtiges Teil seinen Dienst quittiert und der SAAB dann „zwangsverrentet“ wird 🙂 🙁 Naja, wollen wir’s nicht hoffen.

        Mas onde você diz ... certo! Tom talvez não tenha mencionado o resultado, então essa história seria realmente emocionante. Por outro lado, temos a) - ouvi neste blog já há histórias emocionantes, com resultados menos positivos e b) - lê a história mais facilmente com a bem conhecida saída em mente.

        A este respeito - estou curioso de como as coisas continuarão!

  • 23. Setembro 2015 em 10: 08 PM
    permalink

    Excelente postagem Tom.

    Em breve, meu relatório do 9000er é realmente apenas
    Deve ser o segundo carro e agora o herói do coração é.
    9000er driving is cult !!

    Daniel

Os comentários estão fechados.

ArabicDutchInglêsFrenchGermanItalianPortugueseRussaespanholsueco