Situação na NEVS - Stefan Tilk sobre dinheiro, o Sion e o Plano B

A situação no NEVS é mais uma vez difícil. Eles demitiram um grande número de funcionários e recentemente venderam ações em uma joint venture para a Koenigsegg. A empresa está fazendo tudo o que pode para amortecer a crise de seu proprietário chinês e sobreviver. Isso é o suficiente para hibernar com sucesso? Ontem o CEO Stefan Tilk respondeu algumas perguntas ao jornalista Victor Jensen da Rádio Sveriges.

A situação no NEVS

Dinheiro suficiente para sobreviver

Pelo menos nos próximos meses, o NEVS terá liquidez suficiente para sobreviver. A empresa se vê em condições de arcar com custos e fornecedores nos próximos meses. A venda do "Meneko“As ações trouxeram liquidez suficiente para os cofres. O extenso Downsizing Além disso, economiza custos enormes, economiza os recursos disponíveis.

NEVS tem um plano B.

Mas o que acontece se o Grupo Evergrande não sobreviver à crise? O desmembramento ou venda parcial não são improváveis. O futuro do NEVS seria então mais aberto do que nunca. Aqui o NEVS parece ter um plano B na manga, ou pelo menos estar trabalhando nele. Oposto a Rádio Sveriges Stefan Tilk menciona conversas com interessados ​​europeus e americanos.

Novos investidores que poderiam entrar no Stallbacka. Caso Evergrande queira vender NEVS para ganhar liquidez. Ou se Evergande Auto não sobreviver à crise.

Produção para Sono Motors

A produção do Sion em Trollhättan está em risco? Stefan Tilk não vê nenhuma mudança aqui devido à crise de Evergrande. Quando questionado por Victor Jensen, o CEO da NEVS enfatizou que nada mudou na produção planejada do Sion no Stallbacka.

O cronograma parece persistir, Trollhättan foi testado pela tempestade. Com os proprietários chineses, a situação financeira nunca foi otimista no passado. O gerenciamento de crises bem-sucedido pode ser uma das competências essenciais da empresa.

pensamentos 4 sobre "Situação na NEVS - Stefan Tilk sobre dinheiro, o Sion e o Plano B"

  • em branco

    Espero que seja, ou seja encontrado, então investidores realmente sérios para deixar Stallbacka sobreviver.
    E não novamente por alguns anos. Já houve muitos "Sim, finalmente e depois: Não, de novo não". Os funcionários merecem melhor.

    Responder
  • em branco

    Lê muito positivamente! Quanto a NEVS ganhou com a venda do Meneko? A Koenigsegg pagou os 150 milhões completos?

    Responder
    • em branco

      mas o que é positivo de que a empresa não tem feito nada prático desde 2011?

      Responder
    • em branco

      Não, claro que não. Em tais situações, há sempre uma dedução decente do valor original.

      Responder

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com * marcado.